Notícias

Cautela do investidor faz Bovespa cair 2%

O mercado não se assustou com a forte queda vista ontem na Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo), principalmente depois do forte ganho acumulado na semana passada (7,4%), um dos maiores em mais de 12 meses. Na verdade, para alguns analistas, o índice Ibovespa, que recuou 2,02%, e voltou para os 53.911 pontos, somente refletiu uma realização de lucros (venda de ações que valorizaram rapidamente) já esperada para sexta-feira. Nos EUA, a Bolsa de Nova York retrocedeu 2,13% no fechamento. "(A Bolsa) somente não caiu mais hoje porque ontem, no mercado, tem muita gente com o pensamento de a qualquer momento alguém (uma autoridade europeia ou do FMI) vai anunciar: ´nós vamos fazer isso´", comenta Expedito Araújo, da mesa de operações da corretora Alpes.


Investidores aguardam para os próximos dias o anúncio de um novo pacote de medidas no front europeu para conter a crise da dívidas soberanas.


"Eu estou absolutamente certo de que nós vamos conferir um pacote (de resgate financeiro) bastante robusto dentro de dez dias. Mas eu acredito que não veremos tanto detalhes como gostaríamos (...). Vai levar alguns meses antes dessas várias questões serem resolvidas", disse Andrew Milligan, chefe de estratégia global da corretora Standard Life Investments (EUA).


O giro financeiro da Bovespa atingiu R$ 8,5 bilhões, bem acima da média (R$ 6 bilhões/dia). Essa cifra, no entanto, inclui R$ 3,3 bilhões, movimentados pelo vencimento de opções sobre ações deste mês.


Por meio das opções, investidores podem direitos de compra ou de venda de um ativo financeiro, mediante pagamento de um prêmio, e com data certa para o vencimento. Na sexta-feira, expiraram as opções sobre índice e ontem, as opções sobre ações: o contrato mais "exercido" foi a opção de venda sobre a ação preferencial da Petrobras ao preço de R$ 24,91, com um giro de R$ 310,5 milhões. Na segunda posição, o contrato para venda de ação preferencial da Petrobras, pelo preço de R$ 31,04 (volume de R$ 286,18 milhões).


A opção para compra de uma ação preferencial da Vale a R$ 36,14 foi o terceiro contrato mais negociado, movimentando R$ 283,37 milhões. Entre as poucas notícias de maior destaque no dia, o Federal Reserve (banco central dos EUA) revelou que a produção industrial do país teve um aumento de 0,2% em setembro, ante a estagnação verificada em agosto (dado revisado).



http://diariodonordeste.globo.com/materia.asp?codigo=1057688

Notícias relacionadas
Parceria estabelecida entre a ATUAL CLEAN e a empresa ENGEMIX, pertencente ao GRUPO VOTORANTIM
Parceria estabelecida entre a ATUAL CLEAN e a empresa ENGEMIX, pertencente ao GRUPO VOTORANTIM
A Atual Clean conquista o Selo e o Certificação de Sustentabilidade Ambiental
A Atual Clean conquista o Selo e o Certificação de Sustentabilidade Ambiental
ATUAL CLEAN fecha contrato com o HC
ATUAL CLEAN fecha contrato com o HC

veja mais